Viver Sem TV ou Viver Sem Celular e Internet

Gostou deste artigo? Agradeça divulgando:Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on Facebook0

Pela primeira vez, mais jovens dizem que prefeririam desistir de ver televisão do que viver sem seus telefones celulares ou sem internet, segundo um estudo da Ofcom, uma empresa britânica.

Refletindo o aumento do universo on-line e da concorrência de atividades das redes sociais, apenas 23% dos jovens de 16 a 24 anos dizem que não viveriam sem a televisão. Entretanto, o levantamento constatou que somente 28% deles poderiam perder seus telefones celulares e 26% a internet.

Em outro panorama, a visualização da televisão tradicional, embora continue a ser o meio que mais falta tem para o Reino Unido como um todo, ainda assim diminuiu de 50% em 2009 para 44% em 2010.

Uma pesquisa publicada pela empresa também revelou que o “fosso digital” entre as gerações continua, com a metade de todos os pais pensando que eles sabem menos sobre a internet que seus filhos.

54% das crianças de 8 a 15 anos de idade que usam a internet em casa têm algum perfil de rede social em sites como o Facebook; acima dos 45% em 2009 – a mesma percentagem para os usuários adultos.

O levantamento da Ofcom para 2010 também constatou que 48% dos pais, com crianças de 5 a 15 anos, acham que são menos familiarizados com a Internet do que os seus filhos; aumentando essa porcentagem para 70% entre os pais de crianças de 12 a 15 anos.

Entretanto, os pais parecem estar menos preocupados sobre como seus filhos usam a Internet. Há menos definição de controles dos pais, de 43% em 2009 para 37% em 2010. Ao mesmo tempo, as crianças passam mais tempo na internet do que nunca, com um número maior delas usando celulares e consoles de jogos online.

Cerca de um quinto das crianças de 5 a 15 anos de idade possuem um smartphone; aumentando para um terço entre os de 12 a 15 anos. E 40% deles agora acessam a internet em seu quarto; acima dos 31% em 2009.

O estudo anual da Ofcom, que entrevistou cerca de 2.000 adolescentes acima dos 16 anos e um número similar entre 5 a 15 anos de idade, também descobriu que 74% dos lares têm internet em casa e a quantidade de tempo que as pessoas estão gastando aumentou de 12,2 horas em 2009 para 14,2 horas em relação ao ano passado.

Curiosamente, os de 12 a 15 anos agora dizem que gastam 15,6 horas por semana na internet, um pouco abaixo das 17,2 horas que passam assistindo televisão.

Fonte: The Guardian
Foto: Duchesssa, Stock.xchng

Gostou deste artigo? Agradeça divulgando:Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on Facebook0

You may also like...

Tem algo a acrescentar? Compartilhe nos comentários.