Para Que Se Usa Um iPad?

Gostou deste artigo? Agradeça divulgando:Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on Facebook0

Apesar de Steve Jobs dizer que o iPad oferece a melhor maneira de navegar na web, uma recente pesquisa do Google’s AdMob diz que mais pessoas estão usando os tablets para o jogo.

Dados da pesquisa:

84% – Jogos
78% – Busca de Informações
74% – E-mails
61% – Ler notícias
56% – Rede social
52% – Música ou vídeos
46% – Leitura de livros

A pesquisa também constatou que 82% dos proprietários de tablets usam o aparelho em casa, 62% noite – um momento perfeito para a recreação. Portanto, esperaria-se que o uso dele no fim de semana também fosse elevado, mas 69% dos entrevistados disseram que usam o iPad mais durante a semana. O quanto mais ainda não se sabe.

Baseando-se nesses dados, um usuário comum do aparelho passa a maior parte do tempo jogando, buscando e enviando e-mails após um típico dia de trabalho, deixando seus aparelhos ociosos nos fins de semana.

Os tablets, naturalmente, são mais adequados como digestores de conteúdo, e não como criadores. Isto explica a razão pela qual apenas 7% deles são utilizados no trabalho. No entanto, ao continuarem a evoluir e competir em um mercado mais amplo, essa noção poderá mudar.

A maioria poderia dizer que os tablets são “brinquedos” para “crianças grandes”. Apenas 28% das pessoas substituiu inteiramente seu computador por um tablet. E considerando que os PCs podem fazer a maioria das mesmas tarefas dos tablets, comprar um para qualquer outra coisa além de jogos poderia ser considerado supérfluo. Lembre-se, a portabilidade é uma das maiores razões para comprar um tablet, mas de acordo com o levantamento, a maioria tem uso doméstico.

Isso não quer dizer que eles não são melhores para muitas tarefas. 43% estão usando tablets com mais frequência do que laptops ou desktops, por isso há uma necessidade clara para a funcionalidade de um tablet e a sua facilidade de uso.

Então, os produtores de aparelhos de video games devem ficar preocupados? Bem, devem. A primeira prova disso, foi a Nintendo ter que bater os “desenvolvedores de garagem”.

O grande truque é: a Nintendo tem que convencer a comprar o seu sistema de jogo. A Apple não. A Apple foi capaz de vender 15 milhões de iPads no ano passado (como um dispositivo de primeira geração); a Nintendo vendeu cerca de metade do número do DSis. É interessante que os jogos nunca foram uma grande razão para se comprar um iPad.

Vale frisar que a jogabilidade em um tablet não é a mesma que os sistemas da Nintendo. Mas, com a ascensão de jogos casuais, mais se tem a favor dos tablets – apesar da experiência poder ser menos atraente. É semelhante tendência crescente de pessoas assistindo a vídeos no YouTube, do que em seus home theater de alta qualidade em casa. Parece mais uma vitória da conveniência sobre a qualidade.

Via: Crunchgear

Gostou deste artigo? Agradeça divulgando:Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on Facebook0

You may also like...

Tem algo a acrescentar? Compartilhe nos comentários.