Obesidade e Dor nos Pés

Gostou deste artigo? Agradeça divulgando:Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on Facebook0

A obesidade é um problema sério nos Estados Unidos para crianças e adultos. O ganho de peso pode levar a outros problemas no organismo, tais como doenças cardíacas, diabetes e dores nos pés. Realmente, quanto mais os americanos ficam pesados eles literalmente esmagam seus pés.

Estudos mostram que problemas dos pés e dos tornozelos podem estar ligados ao peso e ao índice de massa corporal (IMC). Pessoas que têm um IMC mais elevado apresentaram um aumento significativo nesses tipos problemas.

Enquanto os problemas do pé em pessoas obesas variam, a dor nos pés e tornozelos ocorrem frequentemente em áreas de rolamento de peso, incluindo tendões e ligamentos. Problemas comuns dos pés incluem tendinite do tibial posterior, fasceíte plantar e artrite.

Estudos mostram que a pressão e a dor na bola do pé é muito maior em pessoas obesas. Além disso, a obesidade danifica as articulações do pé e do tornozelo. As pessoas carregam cerca de quatro a seis vezes o seu peso sobre o tornozelo ao subir escadas ou caminhar em declives.

A obesidade aumenta o stress e a tensão sobre o pé sofre ao sustentar o corpo durante uma caminhada ou ao estar em pé. O calcanhar assume uma maior pressão, o arco e laterais dos pés esticam-se mais, há a dor do pé no lado do pé, os ossos são mais propensos a desenvolver rachaduras e sapatos não se encaixam bem.

Com o tempo, se as estruturas do pé não estão isentos deste excesso de peso e pressão, eles vão “cansar”, permitindo que os ossos e as articulações dos pés mudem e entrem em colapso, fazendo com que o arco se torne plano.

Quando o arco fica plano, ou entra em colapso, ele não funciona corretamente. Sem tratamento, isso pode conduzir a um pé completamente “destruído”, não funcionando assim como um amortecedor para o resto do corpo. Esta dor no arco do pé pode levar dor crônica na canela, joelho, quadril e região lombar.

Dores no pé e obesidade podem realmente criar um ciclo vicioso. Uma dor no pé pode aumentar a obesidade, pois limita a capacidade da pessoa para o exercício. A dor no pé e o ciclo de obesidade fará a perda de peso difícil, senão impossível.

Existem várias formas de perder peso sem colocar tensão indevida sobre o seu pé. Nadar, por exemplo, é um excelente exercício que não coloca pressão sobre o pé. Na verdade, os esportes ou atividades mais relacionados com a água se enquadram nesta categoria. Alterações na dieta também podem contribuir para perda de peso.

Mais importante, porém, você deve sempre consultar um especialista experiente em pé se você está com alguma dor no seu pé. Dor no pé indica algum tipo de estresse ou lesão e deve ser examinada. A dor do pé nunca é normal, independente do peso.

Via: Foot and Ankle Alliance

Gostou deste artigo? Agradeça divulgando:Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on Facebook0

You may also like...

Tem algo a acrescentar? Compartilhe nos comentários.