Domine a sua Raiva – Faça Exercício

Gostou deste artigo? Agradeça divulgando:Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on Facebook0

O que é a Raiva?

A raiva é uma forte – mas normal – emoção que envolve uma resposta dura e desconfortável para algo provocativo. A raiva controlada não é prejudicial e a intensidade pode variar desde uma leve irritação fúria.

Quais são as mudanças sofridas por um indivíduo quando ele está com Raiva?

Uma pessoa que está com raiva vai passar pelas seguintes mudanças imediatas:

  • Irritação a um objeto, circunstância ou pessoa;
  • Aumento na taxa e na profundidade da respiração. No entanto, esse aspecto varia em grau e intensidade conforme o grau de raiva;
  • Rubor da pele;
  • Aumento da frequência cardíaca;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Transpiração;
  • Incapacidade de se concentrar em outros objetos.

domine sua raiva

Quais são os efeitos nocivos de estar zangado?

A raiva pode causar uma destruição imensa em todas as esferas da vida. Os efeitos podem ser físicos, psicológicos e sociais.

Os efeitos a longo prazo de estar zangado incluem dores de cabeça, alterações de humor, aumento persistente da pressão arterial, dificuldade respiratória e inquietação. Estes efeitos nocivos, quando persistem por um longo prazo, podem causar sérios danos saúde. Ela pode levar a violência e a frustração. Ela pode fazer uma pessoa fazer algum mal a si mesma ou a outra, se não conseguir um bom caminho para desabafar suas queixas.

Psicologicamente, a pessoa perde sua capacidade de resolver problemas. Isso leva a depressão, que pode, por sua vez, levar a hábitos destrutivos, como tabagismo, alcoolismo e mesmo ao abuso de drogas, s vezes.

Socialmente, o seu comportamento inaceitável pode levar a tensões nas relações sociais.

Técnicas de Gestão da Raiva:

  • Temporariamente se afaste do lugar ou o objeto que está causando a ira;
  • Respire profundamente;
  • Converse com alguém sobre isso;
  • Escreva o problema em algum lugar e depois encontre uma solução para isso;
  • Adote técnicas de relaxamento. Podem ser específicas para a pessoa. Alguns relaxam deitado, ouvindo música e alguns, lendo um livro;
  • Faça meditação;
  • Use a razão para controlar a raiva;
  • Exercite-se.

Qual é o papel dos exercícios no Controle da Raiva?

Recentemente, o exercício tem sido conhecido por ser utilizado no controle da raiva. É uma técnica de distração muito útil para desviar a mente da irritação, levando a coisas mais construtivas. Em outros aspectos, o exercício também pode ser usado para controlar os sintomas da raiva, especialmente os sintomas cardíacos. Exercícios ajudam muito os pacientes com doenças cardíacas durante os episódios da raiva. O exercício permite controlar os sintomas e os danos causados ​​ao coração, que são relativamente reduzidos.

Junto com isso, o exercício regular também é conhecido por trazer mudanças positivas neuro-hormonais no cérebro. Facilita a liberação do hormônio serotonina, também conhecido como o hormônio do “sentir-se bem”, que ajuda a manter as pessoas de bom humor.

Segundo alguns estudos, exercícios regulares podem causar uma melhora significativa no limiar de raiva.

Quais são os exercícios específicos que podem acalmá-lo?

Alguns dos exercícios que se provaram úteis no controle da raiva são:

  • Exercícios de respiração profunda, yoga e exercícios aeróbicos como caminhada, corrida e ciclismo;
  • Atividades recreativas como natação, dança ou jogos ao ar livre pode também serem útil na gestão de raiva;
  • Junto com isso, há as atividades lúdicas, como acertar cestas e jogar dardos também podem ser útil para canalizar a energia de uma forma positiva.

Você é um armazém de energia. Mas o jeito que você a canaliza ou a expressa realmente importará para você e para todos sua volta.

Raiva, uma expressão negativa da energia, pode percorrer um longo caminho para destruir sua saúde física e pertences; além de afetar seu relacionamento com sua família, amigos e sociedade em geral. Gaste a sua energia em exercícios. As atividades não só irão ajudar a parecer bem e saudável, mas também vão preservar as relações.

Fonte: Life Mojo

Gostou deste artigo? Agradeça divulgando:Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on Facebook0

You may also like...

Tem algo a acrescentar? Compartilhe nos comentários.